• Redação da Rádio Nova Era

STF e a Copa América


O STF começou a decidir hoje em plenário virtual se barra ou mantém a realização da Copa América no Brasil. O julgamento de ações com pedidos de suspensão foi um pedido da ministra Carmen Lúcia, relatora do caso, e do ministro Ricardo Lewandovski.


Cármen Lúcia e Marco Aurélio Mello votaram por rejeitar duas ações e liberar a competição. Lewandowskiv votou por determinar que o governo apresente, em 24 horas, um plano "compreensivo e circunstanciado" com estratégias e ações para a "realização segura" do evento.


Ao contrário das sessões virtuais, que duram uma semana, desta vez os ministros têm até as 23h59 de hoje para decidir se suspendem o torneio.


Torneio sob desgaste

Após a recusa da Argentina e Colômbia, a competição está prevista para começar no próximo domingo (13), em quatro capitais do Brasil. Com o apoio do presidente Jair Bolsonaro, a Copa América acontece no momento em que o país ultrapassa 479.791 mortos pela Covid-19. Questionado na CPI da Covid, ministro Marcelo Queiroga afirmou que o risco de se contrair a doença seria o mesmo "com o jogo ou sem o jogo".


Os atletas da seleção brasileira chegaram a publicar um manifesto contra a realização da Copa América, mas não desistiram de jogar a competição. Enquanto isso, a Mastercard e a Ambev anunciaram que não devem expor suas marcas na competição. O desgaste com a competição foi ampliado com o afastamento do presidente da CBF Rogério Caboclo após denúncias de assédio sexual e moral.


Fonte: G1

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo