Depoimento do policial Luiz Dominguetti


O depoimento do policial Luiz Dominguetti, que se apresenta como vendedor de vacina, mais confundiu do que esclareceu. Ele reafirmou que recebeu pedido de propina do agora ex-diretor de logística do Ministério da Saúde, Roberto Dias, mas apresentou um áudio comprovadamente fora de contexto e quase foi preso por causa disso.


Depois da sessão confusa, o presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM), afirmou que a comissão fará uma acareação com os participantes do jantar em que, segundo Dominguetti, teria havido o pedido de 1 dólar a mais por dose na negociação de 400 milhões de vacinas da Astrazeneca.


Ao G1, o diretor da Saúde exonerado após a denúncia negou que conhecesse o vendedor de vacinas e que jantava com um amigo quando Dominguetti apareceu.


Fonte: g1

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo