CPI ouve hoje empresário Luciano Hang


O dono da Havan é suspeito de pertencer ao suposto 'gabinete paralelo', grupo que aconselhava o presidente Bolsonaro a promover ideias sem comprovação científica, como o 'tratamento precoce' contra a Covid-19. O bilionário também é acusado de ter financiado o combate equivocado da pandemia no Brasil e a disseminação de notícias falsas.


Documentos obtidos pelos senadores revelaram que o empresário bolsonarista teria financiado o blogueiro Allan dos Santos, alvo de dois inquéritos no STF que apuram disseminação de fake news e financiamento de atos antidemocráticos. O contato entre Luciando Hang e Allan dos Santos teria sido intermediado por Eduardo Bolsonaro.


A mãe de Luciano Hang está entre os pacientes da Prevent Senior que morreram de Covid, mas não teve a causa da morte informada no atestado de óbito. A advogada Bruna Morato, que representa os médicos que denunciaram a operadora, disse ontem à CPI que Regina Hang usou 'kit Covid' sem autorização no prontuário.


G1

3 visualizações0 comentário