CPI da Covid aprova convocação da ex-mulher de Bolsonaro


A CPI da Covid aprovou a convocação de Ana Cristina Siqueira Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro. O requerimento foi aprovado durante o depoimento do lobista Marconny Albernaz de Faria, amigo de Cristina e de Jair Renan Bolsonaro, filho do presidente. A comissão diz ter indícios de que Ana Cristina atuou, a pedido do lobista, para fazer indicações para cargos no governo federal.


A ex-mulher de Bolsonaro é alvo de investigação no caso do esquema de “rachadinha” na Assembleia Legislativa do Rio. A Justiça quebrou os sigilos bancário e fiscal de sete empresas relacionadas a Ana Cristina, além de contas pessoais dela.


Hoje, os senadores ouvem Pedro Benedito Batista Júnior, diretor-executivo da operadora de plano de saúde Prevent Senior, empresa que teria indicado a seus usuários o uso de remédios comprovadamente ineficazes para o tratamento da Covid.


Ontem, o empresário Marconny Ribeiro de Faria, apontado como um suposto lobista com atuação no Ministério da Saúde, admitiu 'negócio' com advogada do presidente Bolsonaro. Mas ele não deu nome de um senador que ajudaria a 'destravar' contrato suspeito.


Fonte: G1

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo