• Redação da Rádio Nova Era

Com destaque à assistência social, 9º Prêmio Gestor Público Paraná abre inscrições


Estão abertas as inscrições para a 9ª edição do Prêmio Gestor Público Paraná (PGP-PR). Neste ano, a premiação tem como tema Assistência Social: Amparar e Capacitar para Crescer. Gestores públicos de todo o estado têm até o dia 16 de julho para inscrever projetos em execução em seus municípios, diretamente pelo site do prêmio. O PGP-PR é uma iniciativa do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (Sindafep), com apoio de diversas entidades, incluindo o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR).


Depois de um ano marcado pela pandemia da Covid-19 - que, mesmo assim, registrou o segundo maior número de projetos inscritos em sua história -, o PGP-PR mantém em 2021 sua missão de identificar ações inovadoras nos 399 municípios paranaenses. Iniciativas que visem o desenvolvimento humano e ofereçam melhores condições de vida para a população são o foco da premiação neste ano.


Além de prefeitos e secretários, podem inscrever projetos fundações e autarquias municipais, empresas públicas e sociedades de economia mista, câmaras de vereadores e consórcios de municípios. Um dos requisitos para que um projeto possa concorrer é a necessidade de estar em plena execução, mesmo com prazo inferior a um ano, desde que possuam resultados parciais passíveis de mensuração. Cada município pode inscrever até cinco projetos.


Tema do ano - Com o tema do ano voltado à área de assistência social, o PGP-PR busca projetos que vão além da rotina diária da gestão pública e ofereçam não apenas o básico à população, mas sim iniciativas que abram caminhos para que o ser humano possa trilhar uma trajetória de desenvolvimento até o seu máximo potencial em todos os aspectos da vida.


A premiação visa destacar projetos que contemplem a formação integral do ser humano, amparando os mais necessitados e os capacitando para promover seu crescimento de forma sustentável, retirando seu beneficiário da miséria, da carência, da insalubridade, proporcionando condições para que esses beneficiários se tornem protagonistas da sua própria história e da sociedade em que estão inseridos.


Apesar do tema de 2021 ser a assistência social, a exemplo das edições anteriores podem ser inscritos projetos de todas as áreas de governo, como educação, habitação, saúde e segurança, dentre outras.


Fonte: TCE/PR


0 visualização0 comentário