• Redação da Rádio Nova Era

Caso Henry Borel


A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu o vereador Dr. Jairinho e a mãe do garoto Henry Borel, Monique Medeiros, pela morte do menino. Investigadores da 16ª DP (Barra da Tijuca) afirmam que o garoto foi assassinado.


Policiais descobriram que Dr. Jairinho agredia o menino com chutes e golpes na cabeça e que a mãe sabia disso pelo menos desde fevereiro.


A TV Globo mostrou imagens dos policiais arrombando o portão da casa onde os dois estavam em Bangu, na Zona Oeste. Eles saíram algemados, os dois com roupas pretas e de máscara e foram conduzidos por policiais para um carro da polícia Civil. É uma prisão temporária por 30 dias. A Polícia disse também que eles estavam atrapalhando as investigações, ameaçando testemunhas e combinando versões com testemunhas.

11 visualizações0 comentário