Beto Preto explica como pessoas que já se recuperaram da Covid-19 podem ajudar outros pacientes


Um dos componentes sanguíneos, o plasma de pacientes que tiveram a Covid-19 pode concentrar uma grande quantidade de anticorpos que agem no combate à infecção – é o chamado plasma hiperimune ou plasma convalescente.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, o Hemepar faz a coleta e a produção de plasma hiperimune para repassar a hospitais que usam a terapia como alternativa no tratamento dos pacientes internados.

Para a doação, o paciente recuperado precisa esperar até 45 dias do diagnóstico do RT-PCR ou 30 dias após o fim dos sintomas. Também é necessário agendar a coleta no Hemepar.


A coleta de sangue pode ser feita em qualquer unidade da Hemorrede no Paraná. Já a coleta somente do plasma, nas doações por aférese, é feita apenas em Curitiba, assim como a produção do material que é destinado aos hospitais.


Ouça nosso Podcast:



23 visualizações0 comentário