Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos, vítima de câncer


Eterno Mário Fofoca e Tio Vavá, Luís Gustavo morreu neste domingo (19) aos 87 anos. O ator sofria de câncer no intestino e não resistiu às complicações da doença.


Com personagens memoráveis, ele marcou a dramaturgia brasileira durante seus quase 60 anos na TV — com destaque especial para a comédia, a qual ele sempre se dedicou.


A informação foi confirmada pelo sobrinho do ator, Cassio Gabus Mendes, nas redes sociais.


“Luis Gustavo! Informo que meu querido Tatá, faleceu hoje, vítima de câncer! Descanse na luz e na paz!!! Obrigado por tudo, meu amado tio”, escreveu Cassio Gabus, referindo-se ao apelido do ator.


Luis Gustavo nasceu em Gotemburgo, na Suécia, em 2 de fevereiro de 1934. Antes de interpretar personagens no teatro e em novelas, ele trabalhou durante cinco anos atrás das câmeras: foi contrarregra, auxiliar de iluminação e cinegrafista.


No teleteatro TV de Vanguarda tornou-se assistente de direção e ganhou seu primeiro papel como ator na peça de teatro “Mas Não se Matam Cavalos”.


Depois disso, o “Tatá”, como era conhecido pelos mais íntimos, passou viveu diversos papéis na televisão, marcando gerações.


Entre os personagens mais famosos, estão o Beto Rockfeller, de 1968, sucesso da extinta TV Tupi, e Victor Valentin, da novela “Ti-Ti-Ti”, de 1985. O ator também viveu o tio Vavá, no programa de humor da TV Globo “Sai de Baixo”, entre outros trabalhos.

6 visualizações0 comentário