Arma usada por ator em filmagens era legítima


A promotora distrital do condado de Santa Fé afirmou que a arma que o ator Alec Baldwin disparou durante filmagens do filme Rust era "legítima" e que as acusações criminais não estão descartadas.


Mary Carmack-Altwies disse ao New York Times que era uma arma legítima. "Uma arma antiga, apropriada para a época”.


Segundo a promotora, no local das filmagens foi encontrada “enorme quantidade de balas”.


Sobre possíveis acusações, ela foi clara: “neste momento, tudo está em cima da mesa, incluindo acusações criminais”.


Documentos judiciais divulgados nessa terça-feira (26) mostram que os investigadores apreenderam três revólveres, caixas com munições, uma pochete com munições, vários cartuxos usados, dois cintos de couro com coldres, peças de roupa e cotonetes do que acreditam ser sangue.


O ator norte-americano Alec Baldwin matou acidentalmente a diretora de fotografia do filme, ao disparar uma arma de adereço que não devia estar carregada.


O acidente ocorreu na última quinta-feira (21), no rancho de Bonanza Creek, no Novo México, onde estavam sendo filmadas várias cenas do western, do qual Baldwin era produtor e protagonista. A diretora de fotografia Halyna Hutchins morreu e o realizador Joel Souza ficou ferido.


Continue lendo.