Apucarana articula parceria com o Simepar para o recebimento de alertas climáticos


O Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) vai emitir alertas climáticos específicos para o município de Apucarana. A informação foi confirmada pelo prefeito Júnior da Femac que, nesta sexta-feira (25/03), esteve presencialmente na sede do órgão estadual em Curitiba e manteve audiência com o diretor-executivo, meteorologista César Beneti, e com o coordenador de Operações, meteorologista Marco Jusevicius. Também participou da agenda o vice-prefeito Paulo Sérgio Vital.


O início da prestação do serviço está condicionado à celebração de um convênio, que deve acontecer em breve. “O Simepar é um serviço de excelência, que cuida da meteorologia do Paraná e que disponibiliza para as prefeituras, mediante convênio, um sistema diferenciado de alerta visando ações de prevenção. Queremos dispor de mais informações específicas de Apucarana sobre a tempestade que vai chegar, da intensidade da chuva, da geada, entre outros eventos naturais, e com isso repassar de forma antecipada para a população poder se prevenir”, explicou Júnior da Femac, salientando que atualmente os alertas são emitidos tendo como foco a região onde Apucarana está localizada.


A celebração da parceria, segundo pontua Júnior da Femac, será algo inedito na história da cidade. “A partir desta parceria vamos receber informações específicas de Apucarana. Em nenhum outro momento da história foi feito este contato mais direto com o Simepar. Será um sistema de alerta importante à disposição da Defesa Civil da nossa cidade”, celebra o prefeito, justificando a relevância da parceria. “Todos hoje estão acompanhando o que vem acontecendo no Brasil no tocante à intensidade dos eventos climáticos, como chuvas e tempestades. Apucarana tem uma topografia única, é uma cidade muito alta, tem serra, nascentes. Temos ainda a questão do vento e da intensidade das chuvas, que causaram grandes danos recentemente em vários pontos do município”, disse Júnior da Femac.


A aproximação com o Simepar, complementa o prefeito, está atrelada ainda ao Comitê Municipal para Prevenção de Desastres Ambientais. Criado neste início de ano, a iniciativa tem como missão desenvolver ações permanentes de prevenção e de alerta à população. “A atuação deste comitê visa não só a proteção dos patrimônios público e privado, mas principalmente a proteção da vida”, pontua Júnior da Femac. De acordo com ele, o grupo técnico conta com representares de órgãos da prefeitura, polícias Militar e Ambiental, bombeiros militar, Guarda Civil Municipal, 30º Batalhão de Infantaria Mecanizado (30º BIMec), e órgãos do Governo do Paraná, como Copel, Sanepar e DER.


O que é – Com a missão de prover a sociedade de dados, previsões, produtos e serviços de natureza meteorológica, hidrológica e ambiental, além de promover a pesquisa científica e o desenvolvimento tecnológico nas áreas das ciências atmosféricas e ambientais, o Simepar é uma empresa do terceiro setor, um Serviço Social Autônomo, vinculado à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (SEDEST). Com uma equipe altamente qualificada e tecnologia de ponta, viabiliza a recepção, o processamento e a disseminação de dados e informações climáticas em tempo real.

2 visualizações0 comentário