Aposentado receberá grana com juros, se INSS atrasar


Os benefícios liberados pelo INSS fora do prazo serão pagos com juros. A ideia é evitar atrasos, o limite de pagamento varia de 30 a 90 dias e esta grana será depositada na conta do beneficiário com base no rendimento da poupança. A decisão faz parte de um acordo homologado no Supremo Tribunal Federal. O INSS se compromete a responder em até 90 dias as solicitações de aposentadoria e de outros benefícios, se não cumprir o prazo, vai ter de liberar a grana com juros. A regra se aplica a todos os casos pendentes de análise a partir de dez de junho deste ano. O INSS deve, por exemplo, pagar o salário-maternidade em no máximo 30 dias, no caso das aposentadorias, o limite é de 90 dias. O pagamento de atrasados, com juros, ainda não vale para os casos de auxílio-doença, auxílio-acidente, aposentadoria por invalidez e BPC.


Por Mais News

12 visualizações0 comentário