Alec Baldwin mata diretora de fotografia em acidente com arma durante filmagem



A diretora de fotografia Halyna Hutchins, de 42 anos, (foto ao lado) morreu nesta quinta-feira em um set de filmagem do Novo México (EUA) após levar um tiro disparado pelo ator Alec Baldwin com uma arma cenográfica, supostamente carregada com cartuchos de festim. O ator também feriu o diretor do filme, Joel Souza, de 48 anos, que foi levado a um hospital da Santa Fe. O acidente aconteceu por volta de 14h (17h em Brasília), durante a filmagem de Rust, um western independente protagonizado e produzido por Baldwin. A polícia foi chamada e chegou ao local minutos depois, registrando o caso como homicídio culposo (não intencional).


Autoridades policiais de Santa Fe confirmaram que Baldwin, de 68 anos, fez os disparos. O incidente foi confirmado por um representante do ator, quem não deu detalhes sobre a cena que estava sendo rodada. “Segundo os investigadores, parece que a cena filmada envolvia o uso de uma arma de objeto de cena quando esta foi disparada”, afirmou à imprensa o porta-voz policial Juan Rios. Os policiais ainda investigam que tipo de projétil causou as lesões. Hutchins foi levada de helicóptero a um hospital, mas morreu antes de pousar no centro sanitário da Universidade do Novo México, na cidade de Albuquerque.


A rodagem foi suspensa até novembro. Rust estava sendo filmada no Rancho Bonanza Creek, uma popular locação cinematográfica ao sul de Santa Fe. Ali foram feitas cenas de Os indomáveis e Cowboys & aliens. Não foram apresentadas acusações contra Baldwin. A imprensa local disse que o ator foi visto chorando em frente a uma delegacia onde prestou depoimento.


Fonte: El País